PREENCHEDORES são substâncias usadas para preencher áreas atrofiadas ou deprimidas, podendo ser temporários ou permanentes.

Os preenchimentos temporários consistem de auto-implante de gordura, ácido hialurônico, colágeno e ácido polilático (este mais considerado um estimulador do colágeno). Sua duração varia de 3 a 12 meses, de acordo com o material utilizado, e normalmente são utilizados em casos leves, ou em áreas onde o preenchimento permanente não pode ser utilizado. Restylane®, Perlane®, Perfecta®, Juvederm®, Hylaform® e Teosyal® são apresentações comerciais do ácido hialurônico. Esse ácido é um preenchedor temporário, sendo o mais usado no mundo pela sua segurança e compatibilidade com os tecidos humanos.

Sculptra® (ácido poli-L-lático) é um produto injetável que restaura o volume de áreas deprimidas, particularmente corrigindo rugas, sulcos, cicatrizes, marcas de expressão e alterações decorrentes do envelhecimento cutâneo. Também é indicado para correções de grandes volumes relativos à perda de gordura facial (lipoatrofia).

Já o metacrilato, a poliacrilamida e o silicone são preenchedores permanentes, que mostram uma boa relação custo/benefício.
O metacrilato também é chamado de polimetilmetacrilato ou PPMA.

Veja como funciona o uso de cada tipo de preenchedor:

1.PREENCHIMENTO DE ÁCIDO HIALURÔNICO

O ácido hialurônico é uma substância naturalmente presente no organismo humano, e que com o passar da idade, tem sua quantidade degradada pelo organismo e sua produção diminuída, o que ocasiona perda de volume e contornos e o surgimento de rugas e linhas de expressão. O ácido hialurônico é uma substância capaz de reter 1000 vezes seu peso em água, sendo utilizado para repor volume e sustentação em áreas que tiveram seu volume reduzido com o passar da idade ou onde rugas e linhas de expressão tornaram-se visíveis ao exame estático.
Quando utilizado em cremes é um ótimo hidratante e previne o surgimento de rugas e linhas. Na forma injetável, é aplicado diretamente na derme ou tecido subcutâneo, preenchendo a área deprimida e repondo o volume perdido. Pode ser utilizado no preenchimento da região malar, sulco nasogeniano, olheiras, mandíbula, queixo, dentre outras áreas, remodelando formas e contornos.
Como se trata de uma substância presente normalmente nos tecidos, será também degradada, não se tratando, portanto, de um preenchimento definitivo, com duração variável de 6 a 18 meses, dependendo do tipo do preenchedor utilizado e da área a ser tratada.
O risco de rejeição ao produto, alergia ou formação de granulomas é mínimo, pois trata-se de uma substância naturalmente produzida pelo organismo. Equimoses ou hematomas podem se formar nos locais da aplicação, resolvendo-se em 1 semana.
Hoje, é o preenchedor mais utilizado no mundo pela segurança e compatibilidade com os tecidos humanos, sendo o segundo procedimento mais realizado nos consultórios dermatológicos, perdendo apenas para a toxina botulínica.

Onde podemos usar:
codigobarrasBOCA: Consegue-se bons resultados repondo o volume labial perdido, restaurando o “arco do cupido” e elevando os cantos da boca, que usualmente desenvolvem aspecto caído com a idade. A correção das rugas perilabiais ( “código de barras”) também pode ser feito.

SULCOS: Utilizado principalmente para preenchimento do “bigode chinês”, devolvendo aparência mais jovem e com melhora do aspecto cansado.

MAÇÃS DO ROSTO: Excelentes resultados para pacientes mais velhas, que apresentam perda do volume malar com o passar da idade, devolvendo aspecto mais jovial e ao mesmo tempo natural à paciente.

OLHEIRAS: Preenchimento cada vez mais procurado, inclusive por pacientes mais jovens, para correção do sulco da olheira (olhos fundos) ou correção de bolsas, promovendo nivelamento da área, com melhor luminosidade e melhora do aspecto escuro do local, pela correção da sombra imposta pelo sulco no local.

QUEIXO: Indicado para pacientes que desejam projeção do queixo para frente.

MANDÍBULA: Indicado para melhorar e redefinir o contorno facial, permitindo, inclusive melhora do aspecto da flacidez.

NARIZ: Defindo contorno e levando a ponta nasal

2. PREENCHIMENTO COM Poliacrilamida (PAA)

Trata-se de um gel sintético não-reabsorvível, portanto, permanente. O produto é atóxico não produz reações alérgicas e produz uma total integração com a pele, o que evita o efeito de migração.

São indicadas para correções estéticas para durar mais tempo como por exemplo, os sulcos nasogenianos (bigode chinês), aumento e contorno labial, rugas ao redor dos olhos, projeção e contorno facial, cicatrizes. Se necessário, um retoque pode ser feito depois de 1 mês. O paciente deve evitar a luz direta ou frio extremo nos primeiros quinze dias.

3. PREENCHEDOR VOLUMIZADOS À BASE DE HIDROXIAPATITA

A hidroxiapatita de cálcio é uma substância produzida pelo nosso organismo. Isto faz com que o produto não seja rejeitado pelo organismo. Seu processo natural de reabsorção estimula a produção de colágeno, resultando em uma aparência mais jovem.

Quando injetado próximo ao osso, possibilita a invasão de células ósseas. Se colocado nos tecidos moles, além da projeção do preenchimento, ocorre um estímulo e proliferação de fibroblastos, resultando em deposição de fibras colágenas no local, ou seja, ao redor e através do implante. O gel e as microesferas estimulam a produção de colágeno e o crescimento tecidual na zona de aplicação. Com o tempo, o organismo absorve o gel e o colágeno em crescimento vai se infiltrando e ocupando o espaço com o próprio tecido natural do paciente.

Ele reconstrói as camadas da pele e os resultados estéticos são imediatos e duráveis.

4. IMPLANTE DE ÁCIDO POLILÁTICO

Esta substância é aplicada em injeções subcutâneas ou intradérmicas profundas. Não só preenche como é um volumizador, já que expande os tecidos de modo tridimensional, nas direções superior, anterior e lateral.

O objetivo desta substância é de restaurar o volume de áreas deprimidas, como sulcos, rugas, marcas de expressão, cicatrizes, e envelhecimento cutâneo. Pode ser indicado para correções de grandes volumes, relativas à lipoatrofia.

A técnica consiste em injetar pequenas quantidades áreas estabelecidas. Após a aplicação é massageia-se toda a região. O material será reabsorvido provocando um estímulo à produção de colágeno local. São necessárias cerca de três aplicações.

5. PREENCHEDOR VOLUMA

Todos sabemos que o processo de envelhecimento do rosto aparece quando em sua simetria, não enxergamos mais o triângulo invertido. Começam as mudanças na estrutura facial, os contornos e volume são perdidos, invertendo-se o triângulo da juventude. Esta mudança resulta em perda de volume acentuada na região mentoniana e malar.

Região malar: Com a perda de volume, ou seja, hidratação da pele, pois a queda do ácido hialurônico produzido pelo organismo diminui, aliada a ação da gravidade, as bochechas passam de sua posição habitual para uma posição inferior, agravando os sulcos nasogenianos, proporcionando um rosto uma aparência cansada e envelhecida.

Região Mentoniana: Nesta região, a ausência de volume, resulta em perda de contorno e definição facial.

6.ÁCIDO HIALURÔNICO DE BIOFERMENTAÇÃO ADICIONADO DE GLICEROL

Composto por um gel que hidrata e melhora o tônus da pele. O produto para tratamento de rejuvenescimento injetável, que pretende promover hidratação da derme, recuperação da elasticidade, brilho, tonificação e prevenção de rugas nas áreas do rosto, pescoço, colo e mãos. É aplicado inicialmente duas ampolas com intervalo de um mês e manutenção a cada seis meses.