b_250_100_16777215_00_images_cirurgiao-plastico-goiania.jpg

O Dr. Paulo Renato enfatiza que é procurado especialmente na sua maioria, pacientes entre 20 e 50 anos. O objetivo é sempre a harmonia do corpo para se sentir melhor.

Em relação aos procedimentos mais realizados nas mulheres, o cirurgião plástico relata que cirurgia específicas são mais comuns em determinadas idades, mas não exclusivas. Em crianças após os seis anos de idade, as cirurgias estéticas mais frequentes são aquelas para correção de orelhas em abano. Após os 17 anos, a cirurgia mais comum é a mamária (seja para redução ou aumento dos seios) e a lipoaspiração.

“Porém, em pacientes adolescentes, estes procedimentos só devem ser realizados naquelas que apresentam maturidade, compreendem a dimensão do procedimento e o tempo de recuperação, tenham expectativas reais e estejam preparadas para possíveis intercorrências e complicações”, alerta Simmons.

Além desses procedimentos, a cirurgia nasal (rinoplastia) também está entre as mais procuradas por mulheres até 40 anos. “Nessa faixa etária, acrescentam-se também as cirurgias em abdômen (abdominoplastia ou miniabdominoplastia) como as mais frequentes”, afirma.

Após os 50 anos, aumenta a procura por cirurgias que envolvem o rosto, como as pálpebras (blefaroplastias) e face (ritidoplastia). “As pacientes podem operar desde que bem avaliadas por um cirurgião e realmente apresentem alterações para que se justifique a realização do procedimento”, esclarece o cirurgião.

 

A matéria completa foi publicada no link: http://www.cuidadofeminino.com.br/bem-estar/saude-de-a-a-z/cirurgia-plastica-sera-que-devo/