protesedegluteos2

A prótese de glúteo é indicada para os pacientes que se apresentam com nádegas pequenas ou que após emagrecimento e tiveram grande redução do volume, sem que houvesse ptose importante (queda do bumbum). Muitas vezes utilizamos os enxertos de gordura glúteo que é uma excelente tática, porém nem todas as pacientes possuem a quantidade necessária para a esta LIPOENXERTIA GLÚTEA  ou mesmo quando se necessita maior projeção, a prótese glútea pode ser a melhor tática. Para se obter o melhor resultado estético, geralmente ao utilizarmos os implantes (próteses) glúteas associamos à lipoaspiração/lipoenxertia para um resultado mais adequado, harmônico e gracioso. A cirurgia é realizada através da colocação de uma prótese de gel de silicone dentro do músculo glúteo maior. A cicatriz (em torno de 7 cm) fica escondida no sulco interglúteo (prega entre as nádegas) e é de difícil percepção. É recomendável a troca periódica das próteses de glúteo para se evitar o desgaste das mesmas. Devido à crescente qualidade das próteses, estima-se que a troca deverá ser realizada em torno de 15 a 25 anos, conforme a necessidade. Pode acontecer de necessidade de troca antes deste período.

Tipo de anestesia:
Peridural ou geral.

Tipos de próteses de glúteo:
Há vários tipos e modelos de próteses glútea, cada uma com uma indicação dependendo do tipo de nádegas da paciente. As próteses de glúteo podem variar de perfil e de envoltório. O perfil (forma) pode ser redondo ou anatômico, conforme a projeção da prótese. O conteúdo é de gel de silicone de alta coesividade. O envoltório da prótese também pode variar, sendo texturizado ou liso.
A escolha da prótese glútea ideal será feita durante a consulta médica, quando o cirurgião examinará a paciente e escolherá a melhor prótese para o aumento da região glútea, que em cada paciente é diferente.

Tempo de internação:
Geralmente 24 a 48 horas.

Pós-operatório:
O pós-operatório da gluteoplastia de aumento com prótese costuma apresentar um quadro de dor geralmente de média intensidade e que varia de indivíduo para outro. Geralmente se esta dor é maior nas primeiras 48 a 72 horas, quando são utilizados analgésico e antiinflamatórios (se necessário) para amenizar o desconforto. Deve-se evitar deitar de costas por 15 dias. O dreno é retirado geralmente no 2o ou 3o dia pós-operatório.

Complicações:
Apesar de raras, podem ocorrer: hematoma (sangramento), seroma (líquido), infecção, extrusão (exposição) da prótese, contratura da cápsula que é formada ao redor da prótese e problemas anestésicos.

Resultado Definitivo:
O resultado quanto à forma já é bastante evidente no pós operatório. Durante os primeiros dois meses há a redução do edema (inchaço) e a cicatrização ganha força. Como toda Cirurgia Plástica, o resultado definitivo da gluteoplastia de aumento se dá após os 6 meses, devido ao amadurecimento da cicatriz.

Veja a seguir o vídeo orientativo: